Newsletter

Cadastre-se e receba todas as novidades

Artigo: E os futuros gestores?

Publicado em 22 de Jan de 2018 por Redação |COMENTE

"Aluno com forte perfil empreendedor provavelmente irá se desenvolver independentemente do professor. Mas professor com perfil empreendedor certamente irá influenciar adequadamente o desenvolvimento de realização dos alunos"



Texto: Cecília Bettero | Foto: Shutterstock | Adaptação Web: Rodrigo Sodré 

Trabalho há 12 anos como instrutora e consultora em um programa chamado Jovens Empreendedores Primeiros Passos, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que capacita professores para que eles trabalhem com crianças a partir de sete anos de idade a educação empreendedora na sala de aula. Passam por um livro didático que sugere atividades, apresenta comportamentos que levam a resultados e dá noções de precificação, mercado, plano de negócios para, no fim, praticarem a atividade empreendedora proposta pelo tema de cada ano do ensino fundamental.

Não se trata de colocar a criança para trabalhar desde nova, trata-se de propiciar um ambiente de desenvolvimentode competências que estão sendo exigidas pelo novo mercado, como autonomia, autoconfiança, proatividade, visão do todo, pensamento crítico, entre outras publicadas no relatório do Fórum Econômico Mundial.

Eu poderia falar horas e horas de mil situações incríveis que já vivenciei nesses 12 anos, como um grupo de alunos que foi pedir crédito à diretora na mercearia do bairro e, diante da responsabilidade que foi confiada a eles, analisaram os preços e decidiram substituir sabores na receita, isto com dez anos de idade. Vi um aluno que foi absorvendo os aprendizados ao longo dos anos e hoje, aos 18 anos, é sócio do pai na padaria da família. Vi muitas respostas incríveis, vi muitas perguntas intrigantes.

Mas em toda situação que vi, percebi a presença forte de um influenciador, neste caso o professor. Quando ele entende a necessidade de desenvolver habilidades para o futuro no aluno e dá o melhor de si, grandes exemplos são garantidos. Aluno com forte perfil empreendedor provavelmente irá se desenvolver independentemente do professor. Mas professor com perfil empreendedor certamente irá influenciar adequadamente o desenvolvimento de realização dos alunos, mesmo aquele que não tenha um ambiente familiar que desenvolva isso. O que acontece é que, como pais, tios, padrinhos, vizinhos, nós também podemos exercer este papel de influência e fazer nossa parte para que esta geração tenha melhores habilidades para o mercado de trabalho.

Então vamos às dicas práticas de como influenciar os pequenos a serem futuros bons gestores:

Dê espaço e autonomia para criatividade na ação, mesmo que erros ocorram;

Determine responsabilidades em comum acordo com a criança;

Permita o erro, mas monitore que o erro funcionou como parâmetro para aprendizagem;

Não dê tudo. Não negue tudo. Negocie. Gestor precisa muito desta habilidade muito bem desenvolvida; Não dê respostas, faça perguntas e deixe que a criança conclua;

Não dê caminhos, mostre informações e incentive-a a analisar qual é a melhor decisão a ser tomada diante do contexto;

Mostre em pequenas coisas que ela faz parte de um mundo maior e que servir é fundamental. Um simples papel de bala jogado no chão gera um impacto de onda. Ensine-a a observar seus impactos;

Empatize com ela. Entre no mundo dela, do que ela gosta de fazer, entenda de games, se necessário. Quando você empatiza, você influencia melhor;

Incentive-a a conviver, entender e empatizar com o mundo também.


COMENTE